Você pode estar feliz ou não. De qualquer modo, Marcelo Crivella (PRB) será o prefeito do Rio pelos próximos 4 anos. Esperamos que ele faça uma boa gestão, por isso nós, do Meu Rio, continuaremos a fazer o que sempre fizemos: vamos cobrar que as boas promessas sejam concretizadas, resistir aos retrocessos, fiscalizar a gestão e pautar a administração todos os dias. 

Mas pra ficar em cima do Crivella, precisamos nos organizar. Entre novembro e dezembro ocorreram diversos encontros e conversas pela cidade para debater o plano de governo do prefeito eleito, apontar as áreas de risco de retrocesso, identificar as boas promessas que precisam ser cobradas e criar estratégias para introduzir ideias para temas esquecidos.

O resultado desses encontros foi uma análise detalhada do programa de governo. Em breve disponibilizaremos por aqui esta análise e os próximos passos. 

Não vai dar pra fazer isso sem todo mundo. Precisamos de você, é a cidade que está em jogo. Inscreva-se agora pra ficar #EmCimaDoCrivella junto com a gente!

Prefeitos vêm e vão. A gente fica.

Inscreva-se para ficar #EmCimaDoCrivella

1325 pessoas estão se organizando para ficar de olho na nova gestão
 
                       



Há 5 anos o Meu Rio acompanha as gestões municipais para aproximar os cariocas das decisões políticas da cidade e pautar políticas públicas através da mobilização popular. Pelos próximos 4 anos, vamos continuar acompanhando o poder público municipal fiscalizando, cobrando, pautando e resistindo a retrocessos junto a outros 200 mil cariocas que querem fazer política na cidade.

Enquanto a gente se mobilizar, um Rio mais justo e inclusivo é possível.







Não restam dúvidas de que a democracia representativa está vivendo sua maior crise desde a redemocratização do país. Assim como foi na eleição para governador em 2014, este ano mais de 40% dos cidadãos resolveram não votar ou não escolher nenhum dos candidatos para ocupar o cargo mais alto do executivo municipal. Isso é grave. Mas acreditamos que a eleição é apenas uma etapa; enquanto a política se faz todo dia, nas trocas, nas redes e nas ruas.

O mais importante agora é a participação direta dos cariocas nos rumos da cidade. O Rio não é de um ou outro candidato, a cidade pertence a todos que amam e querem fazer daqui um lugar mais justo, participativo e inclusivo. Precisamos nos mobilizar para construirmos a cidade que queremos.


Boralá, todos juntos pelo Rio!


      

contato@meurio.org.br
(21) 3079-1333